Votar para Melhorar

escrito por Ildefonso DÉ Vieira

No Brasil existe todo tipo de político. Até honestos, mas estes são raros. Em 1993, Lula afirmou que tinham “300 picaretas no congresso”. Ano passado surgiram os MENSALEIROS e agora, recentemente, os SANGUESSSUGAS. São vampiros sangrando a nós, brasileiros.

Há poucos dias um senador disse que 90% dos congressistas levavam uma BEIRADA nas emendas apresentadas no orçamento. São estas “beiradas” que vão comendo um pedaço de asfalto aqui, um centro de hemodiálise acolá ou a merenda de uma creche mais adiante.

Estamos nos aproximando de mais uma eleição. Irão aparecer candidatos como formigas em pomar abandonado. Não faltarão tapinhas nas costas, sorrisos amarelos, promessas vãs. Em época de eleição, todos se vestem de santos e distribuem santinhos por todos os cantos e esquinas. São PÁRA-QUEDISTAS de todas as plagas. Parecem praga. E são.

Não troque seu valioso voto por um saco de cimento, um punhado de tijolos ou um par de botinas. Barganha com político, quase sempre, é prejuízo certo. São as “beiradas” que depois ficam faltando para construir escolas e hospitais, distribuir remédios e livros, aumentar salário mínimo e aposentadoria, investir em segurança e criação de novos empregos.

Nas últimas eleições os Deputados Federais mais votados em Guidoval foram Danilo de Castro (1504 votos), Vadinho Baião (496 votos), Lael Varella (480 votos), Paulo Delgado (277 votos) e Saraiva Felipe (222 votos). Serão ainda merecedores do nosso voto? Fica a interrogação.

A Organização Não Governamental “Transparência Brasil” tem por propósito combater a corrupção. Mantém o site www.transparencia.org.br . Nele você pode verificar o que andam fazendo os deputados federais. Consultei os mais votados nas últimas eleições em Guidoval. Constatei que não apresentaram nenhuma emenda beneficiando a nossa terra. Em compensação, houve casos de cidades que receberam recursos e deram uma votação irrisória a esses congressistas.

A lista de acusações e crimes cometidos por mais de 180 parlamentares vão desde apropriação indébita, compra de votos, corrupção ativa e passiva, passando por formação de quadrilha, desvio de dinheiro público, dólares na cueca, até extorsão, estelionato, peculato e prevaricação. É podridão para corar até o PCC.

O voto é a nossa arma de cidadania, não sejamos vítimas dela. A nossa escolha pode levar a nossa cidade, o país, a um futuro melhor. Mas pode também nos mandar ao brejo, areia movediça de muitos candidatos que apenas buscam imunidade parlamentar para ganhar dinheiro fácil e continuar praticando falcatruas.

Um candidato para receber o nosso voto deveria saber onde fica o FUNDÃO, que a nossa Padroeira é a Gloriosa SANTANA e que o Agripino “não matou o coronel”.

Vamos votar em deputados que sejam da nossa região, comprometidos com Guidoval, para que possamos depois cobrar a sua atuação parlamentar. Muitos candidatos pagam pessoas para trabalharem por eles, cabalar e pedir votos. Não votem nesses candidatos. Eles estão comprando os votos deles com antecedência. Depois desaparecem por quatro anos só retornando às vésperas de novas eleições.

Não vamos votar em PICARETAS, MENSALEIROS, SANGUESSUGAS e PÁRA-QUEDISTAS. Não é a toa que já é voz corrente: “Voto não tem preço. Tem conseqüência”.


e-mail
FALE com o Jornal de Guidoval
Jornal de Guidoval